Se você está lutando para manter uma presença em todos os sites de mídia social disponíveis para seus negócios B2B, está perdendo tempo. Provavelmente, seu público está concentrado em um ou dois sites, e os outros são apenas um trabalho extra para você. Ao concentrar seus esforços nos seguintes canais sociais, você terá um impacto maior e envolverá os clientes em potencial.

Conversei com profissionais de marketing B2B para saber quais sites estavam dando o melhor retorno possível e até roubaram seus segredos sobre como maximizar os esforços em cada canal social.

LinkedIn: Vencedor, Vencedor, Jantar de frango

De longe, a ferramenta de mídia social mais popular para o marketing B2B era o LinkedIn. Como o LinkedIn atrai mais profissionais do que adolescentes que compartilham vídeos de gatos, é a escolha natural para redes online. Aqui estão as dicas que recebi.

Participe e participe de grupos

Grupos do LinkedIn

Há um grupo no LinkedIn para todos os setores, nichos ou funções de trabalho possíveis, desde marketing de conteúdo até profissionais de bombas de incêndio.

Julie Graff, contato de conteúdo social do Pole Position Marketing, diz que a melhor maneira de obter sucesso usando o Groups é encontrar aqueles em que os membros do seu público-alvo estão ativos e considerar suas ações com cuidado.

Julie Graff do Pole Position Marketing

Cuidado para não ser excessivamente autopromocional nesses grupos. Você deve estar envolvido em conversas, fornecendo conselhos de especialistas e respondendo a perguntas.

Ela diz que se o grupo permitir, você deve postar links para seu próprio conteúdo, mas faça-o com cuidado:

Verifique se o conteúdo ao qual você está vinculando é altamente valioso. Tente iniciar uma discussão com ele. Por exemplo, recentemente publiquei um artigo sobre a duração ideal de uma postagem de blog, e perguntei ao Grupo qual era a duração ideal. Novamente, verifique se você está fazendo mais do que apenas postar links. Participe de outras conversas no grupo.

LinkedIn para Leads

Naquele dia, você precisava fazer muitas discagens e ligações frias para chegar a um tomador de decisão. Mas agora a conexão está a apenas um clique de distância. Jodie Cook, diretora administrativa da JC Social Media Limited, também autora do livro #Winning at Social Media: é tudo sobre a interação, diz que a geração de leads do LinkedIn é uma tática poderosa para negócios B2B.

Jodie Cook

Se você conhece o título típico do tomador de decisão em uma empresa, talvez seja o comprador sênior, gerente de marketing ou CFO, por exemplo, as pesquisas do LinkedIn podem ajudá-lo a elaborar uma lista de possíveis clientes a entrar em contato. Tivemos muito sucesso trabalhando para um cliente que fornece pedras para o paisagismo – nosso trabalho é encontrar arquitetos paisagistas ao redor do mundo e iniciar uma conversa.

Ela diz que é importante não enviar solicitações de conexão em branco porque elas serão ignoradas. Em vez de:

Crie uma mensagem de modelo que você possa replicar para as centenas de pessoas com as quais você entrará em contato, mas certifique-se de que ela enfatize o que há para elas – uma brochura gratuita dos seus produtos premiados, por exemplo. Tente duas ou três vezes por contato, e sua persistência será recompensada.

Uma página da empresa pode impulsionar o SEO

Página do LinkedIn para empresa

Quem sabia que ter uma página para sua empresa no LinkedIn poderia ajudá-lo a ser encontrado nos mecanismos de pesquisa? Randy Mitchelson, APR, que é vice-presidente de vendas & Marketing na iPartnerMedia, diz que as páginas de negócios no LinkedIn são rastreadas pelos mecanismos de pesquisa, tornando-o uma ferramenta valiosa na busca por uma melhor otimização dos mecanismos de pesquisa.

Randy Mitchelson

De fato, um de nossos clientes veio até nós porque estava frustrado por o site não estar classificado. Ironicamente, a página comercial do LinkedIn foi classificada na primeira página do Google, mas o site não foi encontrado em lugar algum.

Ele também sugere que todos os funcionários de uma empresa que tenham perfis pessoais do LinkedIn vinculem seu perfil pessoal à página da empresa.

Transforme o LinkedIn em um blog (com um grande número de leitores)

O LinkedIn faz muito mais do que apenas oferecer ótimas oportunidades de networking. Ele também atua como uma plataforma de publicação de conteúdo através do Pulse. Graff, da Pole Position Marketing, diz que distribuir as postagens do blog publicadas no site de sua empresa no Pulse trouxe grande sucesso:

Nosso processo é publicar parte do artigo no LinkedIn com um link “Continue reading” que os leva ao nosso blog. Isso resultou em um aumento dramático de tráfego para o nosso site no LinkedIn.

Seja um Tom Peeping

Quem viu seu perfil?

O LinkedIn possui um recurso interessante que informa aos usuários que as pessoas estão visualizando seu perfil. Os membros pagos, diz Austen Allred, gerente sênior de crescimento do LendUp.com, podem ver uma lista de todos que os consultam.

Austen Allred

Naturalmente, temos curiosidade em fazê-lo. Acontece que você pode criar um script para fazer nada além de clicar de perfil em perfil, colocando seu nome e rosto na frente de dezenas de milhares de pessoas. Fiz isso uma vez, alguém viu meu perfil e recomendou o trabalho que tenho agora.

Faça do LinkedIn o acompanhamento

Quando você conhece pessoas em feiras ou eventos de negócios, pode ser difícil lembrar-se de acompanhar quando voltar ao escritório. Mas incorporar o LinkedIn no seu processo de acompanhamento é uma maneira poderosa de permanecer conectado.

Mitchelson, da iPartnerMedia, usa essa estratégia após cada evento que participa:

Por exemplo, depois de coletar cartões de visita em um evento, dentro de 24 horas, eu me conecto com essas pessoas no LinkedIn e uso essa solicitação de conexão para informar que eu apreciei conhecê-las. Hoje mesmo eu me conectei com 5 novas pessoas logo após ter conversas de qualidade com elas.

Ao se conectar on-line, é muito mais provável que você fortaleça esse relacionamento mais rapidamente do que por e-mail ou telefone.

Twitter: Ótimo para o engajamento individual

O LinkedIn não é a única ferramenta de marketing B2B. O Twitter é ótimo para engajamento em tempo real, especificamente para mergulhar em conversas individuais. Aqui estão algumas dicas dos especialistas.

Use a pesquisa com sabedoria

Fluxo do Twitter no TweetDeck

Se você usa um painel de mídia social como o Hootsuite ou o TweetDeck, pode configurar facilmente fluxos para seguir tweets usando palavras-chave ou termos de pesquisa específicos. Mary Cochran, Diretora de Marketing do Sono, usa essa estratégia com facilidade para se conectar com pessoas no campo de seu público-alvo:

Mary Cochran

Tive sorte no desenvolvimento de negócios usando o Hootsuite para configurar um termo de pesquisa no setor e fazer ping no cliente em potencial no Twitter.

Em uma nota lateral: eu também uso essa estratégia. Como muitos de meus clientes são empresas de software, eu acompanho os termos “software” e “empresa de pequeno porte”. Eu até consegui um cliente monitorando essas palavras-chave e respondendo adequadamente!

Participe do diálogo individual

Como o Twitter (junto com o Instagram) é uma plataforma “bidirecional”, na qual você pode interagir com uma ou várias pessoas ao mesmo tempo, Matthew Mercuri, gerente de marketing digital da Dupray, diz que ainda há mais ouro a ser descoberto.

Matthew Mercuri

O Twitter / Instagram também permite que você interaja com os clientes de maneiras que o Facebook não faz. O Facebook é unidimensional. Você não pode sair e procurar pessoas para falar individualmente com pessoas como você em plataformas bidirecionais. Além disso, o outro benefício é que o Twitter / Instagram fornece respostas instantâneas, rápidas e espirituosas, que, em certos meios, são muito valiosas para um profissional de marketing..

Ele também diz que interagir com pessoas com quem você já negociou aumentará a probabilidade de seus clientes seguirem você, o que facilita o envolvimento deles..

Facebook: não apenas para B2C

Acha que o Facebook é apenas para assistir a vídeos de gatos em vez de trabalhar? Pense de novo. É uma verdadeira quantidade de oportunidades de negócios.

Aproveite a publicidade inteligente

O Facebook é conhecido por sua plataforma de anúncios fácil e direcionada. Tracy Willis, estratega de conteúdo da N2Q Consulting, adora seus recursos de publicidade:

Tracy Willis

Minha maneira favorita de usar o Facebook como uma plataforma B2B é através de publicidade paga. A ferramenta de anúncios do Facebook permite selecionar seu cliente-alvo em uma lista extremamente granular de opções.

Ser capaz de segmentar, por exemplo, executivos da indústria de software, que ganham US $ 200.000 ou mais, ajuda a segmentar exatamente quem você deseja alcançar com seu anúncio.

Impulsionar uma postagem

Boost A Post

Uma forma específica de publicidade no Facebook é o recurso Boost a Post. Em vez de aparecer como um anúncio, você pode postar ou atualizar regularmente e ampliá-lo para um público mais amplo. Adaf Darash, CEO da Regpack, viu um aumento de leads como resultado do aumento das postagens no blog:

Adaf Darash

A melhor resposta para nós foi impulsionar uma publicação na página da empresa, especificamente quando publicamos sobre a atualização mais recente do blog. Passamos muito tempo trabalhando no marketing de conteúdo e impulsionar o Facebook foi a melhor maneira que encontramos para não apenas colocar nosso conteúdo na frente de muitas pessoas, mas também vemos um aumento nos leads logo após nossas postagens no blog. Facebook é impulsionado!

Participar de grupos do Facebook

Assim como no LinkedIn, os Grupos do Facebook oferecem uma oportunidade fantástica de conexão com seu mercado-alvo. Willis, da N2Q Consulting, diz que o Facebook pode oferecer ainda mais oportunidades de envolvimento do que o LinkedIn por meio de seus Grupos:

Juntar-se a esses grupos em seu setor, mesmo que apenas para ouvir, pode fornecer informações úteis sobre o que seus clientes acham importante.Estas são semelhantes aos grupos do LinkedIn, mas podem ser usadas com mais frequência, pois o Facebook tem uma base de usuários engajada muito maior.

Outros sites sociais que vale a pena mencionar

Esses candidatos podem não ter o poder do LinkedIn, Facebook e Twitter, mas ainda podem ajudá-lo a alcançar seu público-alvo.

Slideshare

O Slideshare não é tão parecido com outras ferramentas sociais (afinal, é necessário um tempo para criar uma apresentação), mas Kent Lewis, Presidente & Fundador da Anvil, diz que vale a pena notar.

Kent Lewis

Poucas marcas investem seu tempo no SlideShare, mas desde que foi adquirido pelo LinkedIn, sua importância (e classificações no Google) aumentaram apenas. É uma excelente plataforma de pesquisa e marketing para empresas B2B e há muito menos concorrência do que outras plataformas como o Twitter.

Youtube

Lewis diz que o surpreende que apenas as marcas B2B globais tenham aproveitado adequadamente o poder do segundo maior mecanismo de pesquisa do mundo, o YouTube.

Pelo mesmo motivo, você pode recomendar o Google+, o Facebook ou o Instagram para segmentar clientes em potencial B2B, o YouTube é lógico por vários motivos. O vídeo tem uma recordação cinco vezes maior que a palavra escrita. Por que contar a história em texto quando você pode contá-la com vídeos?

Aproveitando ao máximo o marketing B2B nas mídias sociais

Não importa quais sites sociais você usa para encontrar leads e clientes para sua empresa B2B, você precisa da estratégia certa para obter bons resultados. Isso significa ser consistente em suas atualizações, compartilhar conteúdo relevante e direcionar seu público. Aqui estão algumas dicas adicionais para ajudá-lo com Sandip Banerjee, especialista em hackers de crescimento da Web3 Solution.

Sandip Banerjee

1. O tempo é tudo
Quando você publica, é quase tão importante quanto o que você publica. Pode levar algumas experiências para descobrir quando seu público responde melhor às suas ações. O software de agendamento permite que você escreva suas atualizações com antecedência e defina-as para entrar no ar no momento ideal.

2. Conhecer o seu público é imperativo
Seja investindo em anúncios do Facebook ou LinkedIn ou encontrando novas pessoas relevantes para seguir no Twitter, você perderá seu tempo enviando sua mensagem para as pessoas erradas, a menos que filtre seu público. Quem usa as palavras-chave relevantes para sua demografia? Quem está falando sobre a competição? Esses provavelmente são bons candidatos para se conectar com.

3. Conecte os pontos na relevância
Se você escrever uma atualização social falando sobre uma coisa e incluir um link, esse link não deve ser inteiramente sobre outra coisa. As pessoas querem consistência e, ao garantir que o que você compartilha seja relevante para o link que postar, você comprova seu valor e confiabilidade para seus seguidores.

4. Encontre a cadência certa
Cada canal social opera em uma cadência diferente. O Twitter se move na velocidade da luz; o que você postar no momento não será visto por todos, simplesmente porque há mais usuários disputando a atenção de seus seguidores. Portanto, você pode precisar postar com mais frequência. Nos Grupos do LinkedIn, no entanto, pode haver pouca atividade; portanto, tenha cuidado para bombardear o Grupo com uma atualização diária se você for o único a compartilhar.

5. Seja consistente
O gerenciamento de mídia social exige dedicação e consistência. As pessoas não querem ver que sua última atualização foi há seis meses. Se você não tiver tempo ou energia para dedicar atenção semanal (se não diariamente) às suas contas, contrate um consultor de mídia social para ajudá-lo. Você obterá melhores resultados se as pessoas souberem que podem confiar em você para obter conteúdo útil e regular.

Ao concentrar seus esforços de marketing de mídia social B2B nesses canais, é melhor envolver o público certo, criar confiança com eles e permanecer na mente deles quando estiverem prontos para comprar.

Kim Martin
Kim Martin Administrator
Sorry! The Author has not filled his profile.
follow me